19 de abril de 2024

10 dicas para você aproveitar o feriado de Corpus Christi em Tiradentes

Feriado prolongado oferece desde atrações religiosas até shows de humor e de jazz.

O feriadão chegou e para você aproveitar o melhor desta charmosa cidade preparamos algumas sugestões que vão te ajudar a tornar seu passeio ainda mais agradável e proveitoso. Aproveitando a motivação religiosa que a data propicia apresentamos algumas dicas especiais a respeito. Mas tem opções para todos os gostos e você pode se programar para não perder nada.

1- Participar da bela celebração de Corpus Christi

A celebração religiosa em Tiradentes-MG é singular e muito bonita com uma procissão que percorre algumas ruas do Centro Histórico cobertas por tapetes feitos com serragem, folhas, pétalas de rosas, cal, areia branca e colorida, de rara beleza.

Para quem quiser participar a Missa será às 15h na Igreja Matriz de Santo Antônio de onde também sairá a procissão.

1- Visitar o único museu dedicado à Liturgia da América Latina

O Museu da Liturgia é o único dedicado ao tema na América Latina e tem espaço privilegiado para a celebração da intensa devoção religiosa da cidade e de sua região. Com um acervo de mais de 420 peças sacras dos séculos XVIII a XX, completamente restauradas, o Museu conta também com instalações audiovisuais, terminais multimídia e um amplo programa educativo. Um passeio único e muito especial.

Horário de funcionamento
Nesta quinta-feira, feriado, o Museu vai funcionar normalmente, das das 10h às 17h, bem como na sexta-feira e no sábado. No domingo o será de 10h às 14h. A bilheteria fecha meia hora mais cedo todos os dias e o valor do ingresso é de R$ 10 e meia entrada, R$ 5.

Endereço: Rua Jogo de Bola, 15 – Centro (próximo da Igreja Matriz de Santo Antônio)

3- Visitar o Museu de Santana

Inaugurado no dia 19 de setembro de 2014, está instalado na antiga Cadeia Pública, no Centro Histórico de Tiradentes-MG. Abriga 291 imagens de Sant’Ana, a santa protetora dos lares e da família, bem como dos mineradores. São obras brasileiras, de várias regiões do país, eruditas e populares, dos mais variados estilos e técnicas, produzidas em sua maioria por artistas anônimos, entre os séculos XVII e XIX, em materiais diversos.

Horário de funcionamento
Aberto normalmente nesta quinta-feira, feriado de Corpus Christi, das 10h às 17h30min, bem como também na sexta-feira e no sábado. No domingo, ele vai funcionar das 10h às 15h30min. O ingresso pode ser adquirido na chegada por R$ 10, sendo que professores e alunos não pagam e pessoas com mais de 60 anos pagam meia entrada.

Endereço: Rua Direita, 93, com entrada pela Rua da Cadeia

4- Assistir a apresentação da Ação Cultural Artes Vertentes

Apresentação das crianças e adolescentes participantes da Ação Cultural Artes Vertentes de Tiradentes. Alunos do Curso de Musicalização e integrantes do Coro VivAvoz apresentarão algumas peças do seu repertório. O trabalho é desenvolvido de modo contínuo durante o ano pela Ação Cultural Artes Vertentes, parte integrante do Festival Artes Vertentes.

Local: Museu de Santana
Data: 10 de junho
Horário: 16h

5- Curtir um bom show de Jazz

Nesta sexta-feira, 9 de junho, às 19h, o Centro Cultural Yves Alves será palco do Concerto “Fabio Lepore e Jazz Quartet”, organizado pelo Consulado Italiano em Belo Horizonte. Entrada gratuita.

Expoente do jazz na Itália, o músico e vocalista Fabio Lepore (foto ao lado) foi premiado em diversos festivais e já se apresentou em palcos de mais de 40 países.

Endereço: Rua Direita, 119 – Centro Histórico

6- Dar risada no show de stand-up de Paulo Araújo

Sábado, 10, o Centro Cultural Yves Alves recebe o humorista Paulo Araújo com o show “Quase Mineiro”. Para quem quer dar boas risadas é o programa ideal. Os ingressos podem ser adquiridos pelo Sympla. Natural de Recife, nesse show ele fala de suas experiências – pra lá de engraçadas – em 12 anos vivendo em Minas Gerais. Também conta suas manotas e dá uma aula de mineirês.

Endereço: Rua Direita, 119 – Centro Histórico

7- Ver o pôr do sol na Igreja de São Francisco de Paula

O pôr do sol no outono é mais bonito do que nas demais estações do ano. Esse charme a mais, ganha novo contorno se visto do gramado da Igreja de São Francisco de Paula, que fica no alto de um pequeno morro. De lá, não apenas vê-se o belo pôr do sol, como também uma boa parte da cidade e da Serra de São José. Para chegar lá é só ir até o largo da rodoviária e subir uma pequena ladeira à direita. Só não vale perder a hora porque o sol está se despede mais cedo nesta época do ano.

7- Fazer compras na Feira de Artesanato

Conhecer a Feira de Artesanato de Tiradentes é também conhecer um pouco mais da história da cidade. O espaço que abriga a Feira, no largo da Rodoviária, foi restaurado para abrigar os artesãos locais. Lá funcionou, no passado, o matadouro municipal que preserva alguns dos instrumentos utilizados à época. Diversas barracas oferecem produtos variados, para quem quer levar para casa uma lembrança de seu passeio. As barracas funcionam até a noite.

 

9- Participar do Abraço Salve a Serra de São José

Sábado, a partir das 10h, em frente a Igreja Matriz de São José, acontece a concentração para o Abraço Simbólico Salve a Serra de São José. De lá o grupo sai em cortejo até a Serra para o abraço simbólico em prol de seu tombamento. Participação da Banda Ramalho, Congado N. S. do Rosário e Escrava Anastácia, Batucada das Minas, Oficina de Teatro Entre & Vista, Teatro Casa de Bonecos/Companhia de Inventos, Grupo Teatro das Pedras e Perna de Pau (Lucas e Benvinda).

 

10- Passear de Maria Fumaça

E claro que não poderia faltar esta super dica: o passeio na charmosa Maria Fumaça que, vamos combinar, é uma atração à parte para quem visita Tiradentes. Trata-se da única e a mais antiga locomotiva a vapor em operação no país. Ela faz o trajeto de 12 km até São João Del Rei, às margens do rio das Mortes e com uma vista esplêndida para a Serra de São José. O passeio dura entre 30 e 40 min e as partidas de Tiradentes ocorrem às sextas-feiras e sábados às 11h30 e 16h. Aos domingos, às 11h e 14h30min.

 

Com fotos de Thais Andressa e @falaxisuai